Diretrizes de sustentabilidade

O nosso novo planejamento estratégico, lançado em 2018, aprofundou o olhar sobre a agenda de sustentabilidade. Nossa abordagem de sustentabilidade foi consolidada com a conexão ao propósito da RD de “Cuidar de perto da saúde e do bem-estar das pessoas em todos os momentos da vida”.

Para colocar em prática essa premissa, definimos três eixos de atuação – cuidar das pessoas, do negócio e do planeta – e dez diretrizes, que passaram a guiar a tomada de decisão e nossos planos de ação.

Pilar 1 – PARA CUIDAR DA SAÚDE DAS PESSOAS

Diretriz #1: Estimulamos a qualidade de vida de nossos funcionários e proporcionamos um ambiente de trabalho que promove a equidade e a diversidade.

Diretriz #2: Promovemos saúde e bem-estar aos clientes, incentivando hábitos saudáveis, facilitando o acesso a produtos e serviços, e acompanhando seu cuidado com a saúde..

Diretriz #3: Engajamos a comunidade com a promoção da cultura de doação e do voluntariado.

PARA CUIDAR DA SAÚDE DO NEGÓCIO

Diretriz #4: Encorajamos o diálogo e geramos valor de longo prazo para nossos stakeholders.

Diretriz #5: Protegemos os dados dos nossos clientes.

Diretriz #6: Trabalhamos com fornecedores e prestadores de serviços alinhados aos nossos valores.

Diretriz #7: Promovemos o desenvolvimento profissional e pessoal dos nossos funcionários, formando líderes continuadamente.

Pilar 2 – PARA CUIDAR DA SAÚDE DO PLANETA

Diretriz #8: Buscamos reduzir os resíduos gerados pelo nosso negócio e viabilizamos sua destinação adequada.

Diretriz #9: Minimizamos o uso de recursos naturais e zelamos pelo impacto da obra em nossos projetos de loja, CDs e escritórios.

Diretriz #10: Trabalhamos para reduzir o impacto social e ambiental do processo de distribuição.

Estrutura de Governança

Em 2018, implementamos uma nova estrutura para a governança e gestão das ações de sustentabilidade, criando uma diretoria específica, sob a vice-presidência de Gente, Cultura e Sustentabilidade. Nesse modelo, sustentabilidade passa a ter uma área dedicada ao tema, fazendo parte da estratégia com os conhecimentos necessários para sua integração ao cotidiano das operações.

Também criamos um Comitê de Sustentabilidade, responsável por definir prioridades, mapear tendências e acompanhar o desempenho da Companhia, garantindo a implantação da Agenda de Sustentabilidade e propondo metas de sustentabilidade para a remuneração variável da Diretoria Executiva, que tem ocorrido desde 2017.

Políticas

Pautamos nossas relações com todos os públicos pelo cumprimento das normas e legislações aplicáveis ao nosso setor de atuação e trabalhamos sempre de forma ética e transparente. Confira as políticas que reforçam nosso compromisso com a sustentabilidade, garantindo que nosso negócio gere cada vez mais valor compartilhado à sociedade.

Código da Gente – Ética e Conduta na RD
Política de Combate à Corrupção
Política de Conflito de Interesses

Indicadores ambientais
Consumo de energia elétrica


O consumo de energia é fator fundamental para garantir a qualidade das operações e dos produtos vendidos, muitos dos quais necessitam ser armazenados em temperatura controlada. O crescimento do consumo nos últimos três anos decorre principalmente do crescimento orgânico das operações. Com o objetivo de reduzir o consumo médio por m² de loja a empresa tem adotado novas tecnologias para aumentar o uso eficiente desse recurso.
A estratégia da RD, desde 2014, é diminuir o consumo de energia nas lojas e Centros de Distribuição e buscar sempre que possível fontes de energia renovável. Em 2016, a companhia criou projetos pilotos de placas fotovoltaicas em 11 lojas em Minas Gerais. Em 2015, a ANEEL, com a resolução normativa nº 687/2015, liberou a modalidade de geração distribuída de energia elétrica.
Em 2019, o tema ganhou força dentro da empresa, que realizou três bids para implantar usinas de geração distribuída. Foram assinados, então, contratos para a implantação do projeto. No final do ano, 117 lojas tinham acesso à energia fornecida por usinas fotovoltaicas e pequenas centrais hidrelétricas, até dezembro de 2020, espera-se concluir a implantação em mais 1.700 lojas.
O planejamento inclui o consumo fornecido por mini usinas hidrelétricas que causam menor impacto ambiental em comparação às grandes hidrelétricas, e de energia fotovoltaica e biomassa, que são consideradas fontes de energia limpa.
Nos Centros de Distribuição, a estratégia foi migrar para o mercado livre de energia, com compra antecipada e com custos menores. A energia do mercado livre vem de fontes renováveis, como mini usinas hidrelétricas, biomassa gerada por material orgânico, energia fotovoltaica e eólica.

Em 2019, a RD iniciou a implementação de três iniciativas para reduzir o consumo de energia:

• Substituição da iluminação fluorescente por lâmpadas de LED em todas as lojas até o final de 2021 e para novos CDs construídos ou reformados nesse período. No total, são 1178 lojas e 7 CDs com LED em toda a rede.

• Modernização dos equipamentos de ar condicionado – 1090 lojas da RD já avançaram nesse sentido e possuem a maioria de seus equipamentos do tipo inverter.

• Determinação de indicadores de desempenho associados ao consumo unitário de energia elétrica, que inclusive gerou a primeira meta de redução de consumo unitário (kWh/m² da área de vendas) da empresa.

Nossas ações têm como objetivo criar estratégias para reduzir o consumo de energia nas lojas e buscar fontes limpas de energia, e são acompanhadas pelo Comitê de Eficiência Energética, liderado pelo nosso CEO.